Passeios

cabure
Caburé
Um maravilhoso refúgio onde o visitante pode tomar banho de mar e tirar o sal do corpo em água doce. Existem chalés e boa comida.

mandacaru
Mandacaru

Vila de pescadores onde a maior atração é o farol da Marinha, com 54 metros de altura e 160 degraus, de onde se tem um belo visual panorâmico da região.

lencois_maranhenses
Dunas e Lagoas dos Lençóis Maranhenses

São dezenas de lagoas espalhadas pelas dunas do parque, divididas entre os Grandes e Pequenos Lençóis. Há lagoas com água durante todo o ano para banhar e resfriar o corpo, mas a água das lagoas é decorrente da chuva, ou seja, é o acúmulo de água pluvial que emerge por entre as dunas, então o final do período chuvoso(julho) é o mais indicado para ver a beleza dos lençóis maranhenses em sua totalidade.

praia_vassouras
Praias

Barra do Tatu, Moitas, Morro do Boi, Ponta do Mangue e Vassouras são algumas das lindas praias em Barreirinhas. Para conhecê-las, chega-se de barco partindo de Barreirinhas.

atins
Atins

Atins é um pequeno vilarejo de pescadores que se situa entre o Oceano Atlântico e a foz do Rio Preguiças, é um povoado onde prevalece o estilo rústico da vida, que preserva nossa ligação mais harmônica com o meio ambiente, onde o cotidiano permanece integrado ao ecosistema. É um ótimo local para quem busca as raizes naturais para a paz e a tranquilidade, pois a internet, o telefone e a energia elétrica, tão comuns em nosso dia-a-dia contemporâneo, ainda são extremamente deficitários no local.

rio-formiga-cardosa
Flutuação pelo Rio Formiga em Cardosa

Flutuação em boias pelo Rio Formiga, que fica situado no povoado de Cardosa. É um passeio bem relaxante e a descida pelo rio dura cerca de uma hora. É uma ótima pedida para um momento mais relaxante, principalmente no final da viagem, quando já tiver feito as caminhadas mais cansativas pelas dunas.



Passeios nos Lençóis Maranhenses

Todas as manhãs, saem carros de tração 4×4 cheios de turistas levando para conhecer as Lagoas Azul, Bonita, da Gaivota, do Peixe entre outros. Opta-se por usar o transporte com capota ou sem.

Para chegar ao Parque Nacional, será preciso atravessar o rio Preguiça. O carro irá atravessar o rio ou em uma balsa primitiva, que é movida pela força humana, ou por uma movida a motor.

Após, o carro percorre uma trilha de terra, areia e riachos, verdadeira aventura, durante mais ou menos 1 hora. Chegando ao local, todos descem do carro de tração e o restante terá que ser feito a pé. Há uma duna alta para subir. No topo, a recompensa: chega-se ao céu.

A sensação é que morremos e chegamos ao paraíso. Os nomes das lagoas já dizem do que se trata: Lagoa Azul (lembra-se do filme?!) e Lagoa Bonita, de águas azuis e verdes. Para conhecer ambas, é melhor que sejam feitas duas viagens, ou seja, dois dias distintos, pois é muito cansativo fazer em um dia só.

São dunas a perder de vista, o cenário é dominado por dunas e lagoas de água doce. As grandes formações de areia alcançam até 40 m de altura e são geradas pela ação dos ventos que sopram constantemente do mar. O avanço continente adentro chega a 50 km e estende-se por cerca de 70 km de praias desertas.

Você encontrará belas imagens, ótimos cenários e uma água geladinha ao comparar com a temperatura altíssima do ambiente. Recomendamos levar muito protetor solar para que as queimaduras não estraguem o restante da viagem. Leve lanches e também uma máquina fotográfica, pois você irá querer ter aquelas imagens para sempre.

Há, também, o passeio no rio Preguiça. Aluga-se lanchas voadeiras, na cidade de Barreirinhas, para passear no rio e conhecer a praia de Caburé. Lá, há diversas pousadas e restaurantes, comidas regionais deliciosas.

Outra pedida é descer o Rio Preguiças, que margeia o Parque dos Lençóis até desembocar no Oceano Atlântico. A viagem pode ser em barco de linha, barco fretado ou em voadeiras. No trajeto, são obrigatórias as paradas para aproveitar tudo o que o lugar tem a oferecer: dunas, lagoas e paisagens de tirar o fôlego. Grandes atrações do percurso são as comunidades de Atins e Mandacaru, com destaque, nesta última, para o farol, de onde se tem uma visão inigualável do Parque.

Nunca vá ao Parque Nacional (lagoas e praia do caburé) sem um guia. Como tudo é rústico e parecido, é perigoso andar sozinho. Os guias acompanham as viagens de carro de tração e de lancha.

Ressalta-se a importância da preservação da natureza. O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é protegido pelo IBAMA. O turista deve ir consciente de que não pode deixar lixo nos lençóis. A conscientização é importante, uma vez que se ninguém preservar, a beleza natural deixará de existir.

Aproveite suas férias, relaxando em um ambiente paradisíaco, preservando a natureza.

Informações ao turista

Telefones e endereços dos órgãos públicos responsáveis pelo Turismo na cidade de Barreirinhas e do Posto de conservação ambiental do IBAMA, localizados na cidade de Barreirinhas-MA.

– Secretaria de Turismo de Barreirinhas, Pça do Trabalhador, Tel. (98)349-1144;
– Posto do Ibama em Barreirinhas, tel. (98) 349-1155 ou no Ibama (MA) tel. (98) 231-3010;

City Tour Histórico em São Luís do Maranhão

Aproveite sua viagem para os Lençóis e faça também o passeio pela cidade histórica de São Luís do Maranhão.

Um passeio pela história do Maranhão. Viva os 400 anos de uma cidade de múltiplas etnias, vasta cultura popular e dona do maior conjunto arquitetônico português da América Latina. O passeio é panorâmico e a pé pelos bairros do Centro Histórico.

Roteiro: Saída do hotel, passando pelas praias do Calhau, São Marcos, Ponta D´areia e Lagoa da Jansen, até o Centro Histórico, caminhada pelas ruas calçadas de pedras de cantaria. Pontos interessantes: Praça Pedro II, Palácio dos Leões, Praça Benedito Leite, Igreja da Sé, Fonte do Ribeirão, Beco da Bosta, Igreja de Santo Antônio, Praça Gonçalves Dias, Teatro Arthur Azevedo, Igreja/Convento do Carmo, Beco do Quebra-Bunda, Convento das Mercês, Igreja do Desterro, Mercado das Tulhas, Rua Portugal e Casa do Maranhão.

Gastronomia

Quem vai visitar São Luís pode aproveitar também a ótima gastronomia típica da região. Algumas pratos e frutas são bastante característicos da região e vale a pena conhecer.

5 ideias sobre “Passeios

  1. Katiane

    Visitei os lençois dia 24 e 24 de janeiro, local lindo super recomendo fiquei maravilhada estava vivendo um sonho pena que nao tinha muitas lagoas so fui em uma que nao seca nunca nao lembro do nome.fiz o passeio pelo rio preguiça ,passamos por mandacaru ,vassouras e cabure ja sinto sdds

    Responder
  2. Isabel Gonçalves

    Começou como um sonho, um pouco distante da minha realidade, mas nunca desisti de realizar esse sonho. Mas agora estou bem perto alcançar esse objetivo. Estou começando a programar minha viagem a Lençóis, meu Deus ! não vejo a hora , ainda falta um pouco, só um ano , mas já estou viajando em pensamento. Sei que será inesquecível e viverei cada minuto intensamente. Lençóis tô chegando !

    Responder

Comentários sobre os Lençóis Maranhenses